quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

quase 2010 *-----*

aaah contagem regressiva pra 2010!
to no guarujá, com suspeita de ter luxado meu dedo do pé jogando fut na praia e vestindo roxo.. HAUHSUAHAUSUHA'
então maan, to aqui pra fazer listinha marota do que eu quero fazer.. to fazendo meio na pressa, então não reparem xD

** terminar o técnico e fazer um puuta TCC!
** arranjar um estágio/emprego em design gráfico
** passar em algum vestibular, especialmente USP *------------*
** saber diferenciar quem é de verdade de quem é de mentira
** continuar com a mesma paz de espírito que eu to agora
** manter quem merece do meu lado
** ter mais paciência, com o que merece
** estudar mais!

** rechear a minha coleção de livros o/
** voltar a jogar/treinar volley
** academia/muay thai, de novo *----*

acho que é isso.. se der tempo ainda, essa semana eu escrevo o que eu desejo, especialmente pra cada pessoa que merece, na minha opinião..
éé, bora lá comer um bacalhau e ir pra areia, tomara que tenha parado de chover (yn)

AAAAH FELIZ 2010, TUDO DE MELHOR, MUITA LUZ *---------*

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

tudo acontece em elizabethtown*

assisti o melhor filme de todos pela 9182181º vez. juro, eu to quase decorando as falas, coisa que eu nunca faço --'
cada dia mais esse filme me deixa encantada. sabe 'o pequeno príncipe'? que todo mundo fala que tem que ler pelo menos uma vez por ano, porque cada vez ele tem um significado diferente? então, acho que o mesmo vale pra esse filme.
ele é completamente encantador, desde as piadinhas até a trilha sonora *---* sem esquecer, é claro, do Orlando Bloom. ele não é simplesmente bonito, ele é.. charmoso. e talentoso. e tem um sorriso lindo.
enfim. dessa vez uma fala da Kristen me chamou a atenção:
'You want to be really great? Then have courage to fail and stick around. Make them wonder why you're still smiling. That's true greatness to me'
fazer com que eles imaginem porque vc tá sorrindo.. isso é realmente grandeza. levantar a cabeça, poder gargalhar, rir até não poder mais.. quando não tiver mais motivo nenhum, nenhuma razão pra se orgulhar, vai aparecer alguma. algum amor, algum amigo, alguém de quem cuidar e se preocupar.
o mundo não pára de girar só porque vc não tá bem ou não tá sorrindo. e é exatamente isso que tá me fazendo sorrir hoje em dia. saber que por mais que o mundo não pare, eu tenho força de vontade suficiente pra não deixar o MEU mundo parar.
isso é grandeza. reeealmente grandeza (;

ano novo.

aah ano novo, vida nova. não? nãão.. pelo menos pra mim não.
tá certo que talvez eu queira me livrar de algumas coisas, de lembranças, de pessoas, seja lá do for. mas hoje eu parei pra pensar sobre isso. a grande maioria das coisas eu quero que continuem exatamente como tá sendo agora. quero as conversas de msn até de madrugada. quero passeios pro pacaembú ou pra qualquer que seja o lugar. quero piadas ruins pra se matar de tanto rir. quero idas ao shopping pra não fazer absolutamente nada. quero abraços quando não se tem mais o que dizer. quero filmes alternativos, com muito sorvete e muita chuva. quero tardes ocupadas com muitas tirinhas e escada. quero aulas em que se aprenda a viver. quero caretas, tapas, mordidas e muita batata da perna! quero até brigas e discussões, só pra se voltar atrás e ter ideia do quanto se é importante. quero festas e até cuidar de gente bêbada, se for importante como foi. quero ver ben 10, mesmo com muito calor. quero batida de maracujá ao invés de brincos. quero ficar até 8h na escola só pra ver o quanto temos em comum. quero ir até a paulista tomar uma coca e imprimir trabalhos. quero sentir paz depois de abrir seu coração numa estação de metrô. quero tentar convencer as pessoas que roer as unhas faz mal. quero saber todas as opções turísticas de maringá. quero sentir saudade de uma amizade de quase 10 anos. quero continuar sendo chamada de viida.

quero tudo isso. quero muito mais. mas é coisa pra outro post (;

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Deja vu - Pitty

'nenhuma verdade me machuca. nenhum motivo me corrói. até se eu ficar só na vontade, já não dói. nenhuma doutrina me convence. nenhuma resposta me satisfaz, nem mesmo o tédio me surpreende. nenhum sofrimento me comove, nenhum programa me distrai. eu ouvi promessas e isso não me atrai. e não há razão que me governe, nenhuma lei pra me guiar, eu to exatamente aonde eu queria estar'

pensamentos vagando sobre essa música.. eu estava pensando no quão fria uma pessoa pode ser e o que faz com que ela seja assim. eu sempre ouví, desde criança, que era racional. aquela pessoa pra tomar decisões, pra ver as coisas com clareza e pra ter total controle das situações.
um tempo atrás, eu achava que as pessoas estavam erradas sobre mim. que não, que eu não era racional, nem via as coisas com clareza e muito menos, tinha total controle das situações.
mas tem coisas que realmente vêm para o bem. ou pelo menos, não é tão ruim assim como parece. eu voltei a ser o que era, voltei a ser o que as pessoas sempre falavam.
e aquela oportunidade, quando eu realmente me deixei levar por emoções e deixei de lado quem eu sempre fui, eu descobrí ter sido um erro. não um erro que agora possa ser contornado ou voltar atrás. um erro que te muda, que te faz levantar a cabeça. isso foi um erro. um erro dos grandes, com o tombo mais feio ainda. ainda assim um erro. uma chance de se mudar.
aquela chance que você sempre precisou mas que não sabia disso ainda. aquela chance de vestir sua armadura de novo e de parar de ser bobo. parar de querer ver o mundo com outros olhos, olhos que não condizem com a realidade. aquela chance de ter total controle das situações e de ver as coisas com clareza de novo. (:

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

amizade*

hoje foi um dia muito biixa. tá, eu espirrei o dia todo, mas não é disso que eu to falando. to falando dos meus amigos. dos meus verdadeiros amigos mesmo.
to falando dos abraços quando eu to chorando. to falando dos filmes e dos suspiros que a gente solta descontroladamente. to falando de trabalhar numa festa só pra ter tempo de conversar. to falando de ser zuada a noite inteira e ainda amar esses fdp. to falando das piadas extremamente ruins e dos irmãos que não gostam de casar. to falando dos comentários ruins, das frases constrangedoras e das piadas sobre masculinidade. to falando da falta que chega a doer e dos planos feitos de madrugada. to falando de macarrão empapado e de amigo da onça. to falando de fotos e videos e presentes e bebidas e filmes e pipoca.
to falando de amizade. e das boas*

Kiinha pequena*

Tá na hora de escrever mais um pouco. Vou usar um pouquinho do meu dia e da minha melhor*

não, não adianta. chorar não adianta. chorar não vai fazer que o tempo volte atrás, nem que tudo volte ao normal. e não é isso que eu quero, não é isso que você quer, eu tenho certeza. por mais que tudo tenha passado, que tudo tenha doído, do que vale a pena? vale a pena chorar, gritar, bater o pé? não, não vale.
porque o tempo vai passar e vai deslocar o incurável do centro das atenções. vai fazer tudo que passou virar só uma lembrança ruim. não vale a pena se preocupar com isso, não vale a pena tentar ver o mundo colorido de novo. o mundo não é colorido, as pessoas não são boas e as nuvens não são cor de rosa. acredite, as nuvens não são cor de rosa [!]
se vc não se amar, se vc não se respeitar, não vai ter quem o faça. por isso, engole o choro, joga o cabelo pra trás e levanta o nariz.

é, bom dia (:

domingo, 13 de dezembro de 2009

éé, blog novo (:

Tá, vou começar com uma apresentação. Oi, meu nome é Liih e eu não bebo há 3 dias
HAUSHAUSHUASHUA
Então, esse é mais um blog pra quem não tem nada o que fazer além de ler, feito por alguém que não tem mais nada o que fazer além de escrever. Férias estão ai, o tédio também, então eu precisava arranjar alguma coisa pra passar o tempo. Pois é, eu encontrei.
Precisava desabafar, escrever sobre qualquer coisa inútil que aconteça no meu dia. Pois é, eu encontrei.
Então tá, é isso. Aproveitem. Ou não :D