segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

o tempo.

o tempo é implacável. é cruel. é inabalável. é a cura. é a dor. é imparcial.
não importa o quanto você ame, o quanto você odeie, o quanto você sinta falta de alguém, o quanto você queira que tudo páre naquele momento. o tempo vai arrastar tudo com ele. as lembranças nítidas não serão tão nítidas assim, as sensações que você teve naquele momento não serão tão fortes, você mal se lembrará do formato dos olhos de quem você ama, os lugares não terão tanta cor.
mas o tempo também é a cura. quando não se quer ter mais lembranças nítidas nem sensações fortes. quando o formato dos olhos e as cores dos lugares não são mais suportáveis nem mesmo em lembrança.
o tempo vai arrastar tudo com ele. mas enquanto você tiver pessoas a se lembrar, por mais que não possa dizer o formato dos olhos; tiver lugares que vale a pena lembrar, mesmo que estejam desbotados; tiver sensações que te apertem o peito mesmo depois de tanto tempo; tiver lembranças em que se lembra uma única palavra, você ficará bem.

'cross your heart' sz

sábado, 20 de fevereiro de 2010

motivos.

tudo na vida tem um porque. tem um motivo, uma razão, uma circunstância. nada é em vão, absolutamente nada. o telefonema que vc não pode atender, o táxi que vc perdeu, o avião que atrasou, a pessoa que vc conheceu por acaso.
pode não ser hoje, pode não ser amanhã ou depois. mas uma hora ou outra, o significado dessas coisas vai aparecer pra vc. e vc vai ficar se perguntando como pode ser tão idiota o suficiente pra não perceber isso antes. mas a vida é assim, sempre é. as dores que vc sente hoje, terão significado algum dia, em algum momento. é só vc não ficar cego, não ficar esperando a sorte bater à sua porta. a sorte chega pra quem mantém a porta aberta, chega pra quem realmente merece.
a vida te dá todas as oportunidades possíveis de ser feliz, só não aproveita quem não quer! sabe aquela história de ‘deus escreve certo por linhas tortas’? então, cabe a vc, somente a vc, a missão de ler as coisas escritas. por mais difícil que isso seja.

o que é mais difícil, também é mais gostoso ;]

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

ah felicidade.

incrível como tudo muda de um dia pro outro. literalmente. se ontem foi aquela melancolia, aquela tristeza, aquele aperto no coração, hoje compensou.
a felicidade pode estar em todo lugar, em toda pessoa. no sorriso que alguém te deu ou no gesto que você reparou de relance. naquela jogada que te fez se sentir o ronaldinho. no sentimento de ser lembrado, na surpresa de descobrir que você faz falta. no reencontro há tanto tempo esperado. na certeza que tudo na vida passa, não importa o que aconteça. na soneca que você tira em plena aula, que te dá aquele gás. no dia a dia ao lado das pessoas que você mais gosta no mundo. e até quem não tá ao lado, mas que vale como se estivesse. naqueles momentos sozinhos, só você e você mesmo, que servem pra colocar a cabeça e o coração no lugar.
ajuda e muito, de verdade, a te fazer ver a vida de outra forma.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

saudade.

saudade é algo que dói fundo no peito. é aquela falta do que você nem imaginava. é não se sentir completa, parecer que falta um pedaço. é descobrir o quão se é importante só quando se está longe. é um aperto no coração, uma sensação de perda que parece não ter fim. é aquela vontade de cruzar oceanos e mover montanhas só para deter tamanha dor, só para receber algo que aqueça seu coração. é o choro contido, o desafio de ser forte e se mostrar impassível. é se agarrar nas lembranças com tal força que elas se tornam algo mais que normal, diário; se torna algo vital. é aprender a viver a vida normalmente, mas saber que cedo ou tarde, algo vai te fazer lembrar, vai te fazer sofrer com essa falta que se torna cada vez mais pronunciada em sua vida.

'tempos difíceis estão por vir, harry'
não só pro harry :x

sábado, 6 de fevereiro de 2010

faxina mental.

tem um momento da vida que vc chega a um impasse. quer manter a sua vida de antes, com todas as coisas antigas, velhas, te fazendo acumular pensamentos ruins e lembranças piores ainda? ou quer reformular tudo, buscar um novo motivo pra continuar sorrindo, se cercar de pessoas que te façam bem?
pois se vc escolheu a segunda opção, comece por vc mesmo. páre de pensar nas mágoas do passado, do que não deu certo, dos sorrisos que vc não deu. use isso como um incentivo pra sua mudança, afinal um dia sem sorrisos é um dia perdido. pense agora no quanto vc poderia ter sido feliz, no quanto vc teria aproveitado se não fosse o passado te impedindo de ver as coisas boas.
se vc chegou até aqui, parabéns. são poucas as pessoas que tem tamanha força de vontade e tamanha certeza do que quer. agora o mais complicado. o físico. jogue fora o que te faz mal, aquelas coisas que tinham significado e que hoje só trazem más recordações. pense no quão insignificante tudo aquilo vai se tornar na sua nova vida. queime, dê pra adoção, recicle. tanto faz. nada daquilo vai te fazer bem, acredite.
claro, algumas recaídas são normais. aqueles dias que tudo parece ter sido disperdiçado, que nada tem lá muita importância. mas isso passa, vai por mim. vai ficar a sua força de vontade. essa sim, vc pode se agarrar.