quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

'eu não quero que você esqueça


E outro tabu me caiu. Tudo o que eu sabia sobre felicidade estava errado.
Esse tipo que sinto agora é de dentro pra fora É todo o meu orgulho, minha realização, minha paixão falando mais alto. É a certeza de ter um lugar ao sol, um novo lar.
E aquele outro tipo é o mais puro que já conheci, o mais singelo. É felicidade de fora para dentro, como se para ser feliz fosse preciso fazer alguém sorrir. É uma troca de energia que mantém seu coração pulsando, que te dá vida.
Por isso dói.

Um comentário:

  1. Liih*,
    escrevi, certa vez, que não marcaria minha pele com "fetiches"... Mas se o transmitido nos deixa - e sem marcas - o que vem de fora pode marcar-nos a alma, com seus "feitiços"... E, evidentemente, dói...
    Beijos.

    ResponderExcluir