terça-feira, 12 de abril de 2011

legados.

Acredito que as pessoas deixam os seus legados por ai. Tenho certeza que deixei o meu espalhado por muita gente. Fiz algumas pessoas acreditarem, outras desacreditarem. Fiz pessoas felizes por anos. E outras, por um momento de distração apenas. Tenho certeza absoluta que fiz o meu melhor a seu respeito. Pela primeira vez, em anos, eu não sinto culpa por não ter dado certo. Fiz o que deu na telha, amei e me deixei levar. Esqueci o que eu havia dito a mim mesma e aos outros, esqueci as promessas. Fingi não ouvir o que tanto me machucava e fingi não ver um palmo a minha frente. E você também deixou o seu legado em mim. Me fez muito feliz, admito. Mas isso outros farão também. Já tem gente fazendo. Só que você deixou uma coisa ainda mais forte e ainda mais duradoura do que as lembranças do nosso amor: deixou uma bela de uma cicatriz. E como aquela marca no joelho me lembra o muay thai, essa cicatriz vai me lembrar você para sempre. Mas não vai lembrar o amor que eu senti tão forte e tão próximo de mim. Vai lembrar aquela sensação ruim que eu aprendi a ignorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário