quarta-feira, 25 de maio de 2011

to the sea.




Deixa eu te contar um segredo? Gosto disso tudo à minha volta. Cheguei a um patamar que nunca imaginei chegar: sou feliz assim.
Claro que eu te amo. Isso é óbvio e visível para todos, especialmente para mim. Você é o motivo de eu acreditar que há beleza no mundo, é minha carta marcada. É a certeza que ainda me resta, mesmo quando chego a duvidar do mundo.
Mas meu mundo está girando bem assim, desse meu jeitinho torto e capenga. Tenho diante de mim tudo o que sempre sonhei e é estupidez fechar os olhos para isso. Você é a cerejinha do meu bolo. O toque final. Mas é superficial. O que realmente me importa, pelo menos nesse momento, é o resto dos meus dias, com ou sem você.


'but you're still mine. do you remember?'

Um comentário:

  1. 'Nunca esqueça que estou aqui sempre a te esperar, pra te amar...'

    ResponderExcluir