quarta-feira, 19 de outubro de 2011

'o que faz você feliz





Ah, mas cadê o verão? Está na hora já, ok?
Que venha o sol, o calor, o mar e a areia. Os beijos com pés na água salgada. Os olhos semi-cerrados ao olhar a claridade mais pura. Os potes gigantes de açai divididos em dois. As bolas mal-calculadas certeiras. As fotos onde o cenário é mais importante que o protagonista. Os biquines amarelos suicidas. As chuvas no fim da tarde para acalmar o calor. Os mergulhos para limpar a mente. E a alma. Os pastéis com carne. Queijo. Presunto. Tomate. Frango. Ou o que você estiver com vontade na hora. O despertador tocando depois de duas horas de sono, só para não pegar filas. A hiperatividade naquela cadeira azul. As manhãs de corrida. E suor. E Jack Johnson. E emoção.
Porque eu quero tudo que eu posso ter, toda a felicidade do mundo condensada em alguns meses. Quero as memórias antigas, mas quero fazer novas. Para não querer esquecer nunca. Nem se eu quisesse. Já aconteceu antes, mas está na hora de repetir a dose.


'quero fim de ano, pés descalços na areia, a brisa do mar, fim de tarde tranquilo, música boa, sem relógio, despertador ou qualquer coisa que me mostre o tempo passando. quero sair de noite olhar pro céu e ver estrelas, ter tempo pra ver como a lua é bela, observar pessoas, rir, chorar, pensar, viver, cantar, sentir. preciso de um tempo, preciso me reencontrar em novos caminhos e preciso disso agora. porque não morri. porque é verão e eu quero ver, rever, transver, milver tudo que não vi.'

Caio Fernando Abreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário